Filme
Previous post
Now reading

Viagem a Buenos Aires

Aniversário
Next post
Viagem a Buenos Aires
Viagem a Buenos Aires

De 06 a 12 de julho, estive em Buenos Aires com minha família. Foi minha segunda viagem para a Argentina. Tenho que confessar que sempre evitei viajar para os países da América do Sul. Não saberia explicar o motivo de forma objetiva. De qualquer forma, em 2014, resolvi ir até lá e fizemos uma viagem de apenas 3 dias. Foi bastante corrido e saí de Buenos Aires com um gostinho de “quero mais”.

Organizei uma viagem mais tranquila esse ano, para poder conhecer tudo com um pouco mais de calma. Buenos Aires fica a menos de 3 horas de voo de São Paulo e o valor da passagem é menor do que para muitos destinos dentro do país.

Eu tento imaginar a cidade em sua época áurea, quando a Argentina era um dos países mais ricos do mundo. A cidade ainda mantém sua aura europeia, com seus inúmeros prédios inspirados na arquitetura francesa. Existem vários parques, jardins e áreas verdes, todas muito bonitas. É uma pena que os desastres econômicos mais recentes e os governos populistas tenham levado a Argentina a uma crise econômica grave.

Nitidamente, a população argentina tem mais cultura do que a nossa população. As diferenças sociais são menores do que as que enfrentamos no Brasil. Mas a situação piorou muito lá. Existem muitas pessoas vivendo na pobreza e podem ser vistas favelas e regiões muito miseráveis. A cidade está suja, com muito lixo acumulado em todos os lugares e as calçadas esburacadas e mal cuidadas.

Eu não sabia quando programei a viagem, mas pegamos exatamente o final de semana da celebração dos 200 anos de independência da Argentina, comemorada no dia 09 de Julho. Houve desfile e inúmeras festividades nos dias 08, 09 e 10. Essa também é uma grande diferença entre nós e eles: eles tiveram que lutar por sua independência da Espanha e houve luta armada (que envolveu outros países da América Espanhola).

Fizemos um tour pela cidade no dia seguinte à nossa chegada e a guia montou as visitas tendo como base a comemoração dessa festa de independência. Passei a conhecer muito sobre a história argentina.

Eles estão sofrendo com a nossa crise também. O turismo brasileiro caiu muito e era o principal turista que eles recebiam. Fomos muito bem tratados por todos. E não houve qualquer dificuldade de comunicação. Ficamos em um hotel no centro da cidade, próximo ao metrô e de fácil deslocamento para a maioria dos lugares. Assistimos a um Show de Tango, que foi muito bonito. Passeamos por tudo e contamos com uma semana sem chuva e uma temperatura agradável.

Vou dedicar outras publicações a alguns passeios específicos. Mas quero deixar registrada aqui nossa dificuldade com o metrô. Para entrar, precisamos comprar um cartão magnético que é carregado com o número de viagens desejado; não existem bilhetes individuais. O problema é que o cartão magnético (SUBE) não é vendido no próprio Metrô (Subte). Tivemos que ir atrás de uma banca de revistas que vendesse o cartão para poder carregá-lo e podermos entrar. Não é que tenha sido difícil, mas causou algum transtorno. Poderia ser algo mais simples.

Durante a semana, vou contar um pouquinho mais sobre outros passeios que fizemos.

 

Floralis Generica, Buenos Aires, Argentina
Floralis Generica, Buenos Aires, Argentina

 

– Sílvia Souza

Written by

6 Comments
  • claudio kambami disse:

    Silvia os museus e as bibliotecas da Argentina são algo que se puder vai amar. E concordo que culturalmente ficamos bem aquém deles mesmo. Só não invente de de passar a mão nos leões no Zoo que há, dá medo, rsss. <3

    • Infelizmente, visitei apenas o Museu de Belas Artes… Mas Buenos Aires fica tão pertinho daqui, que já me imagino indo outras vezes…
      Eu fiz esse passeio do Zoo e adorei!!! Mas vou escrever um post exclusivo sobre ele… Foi o dia que todos da minha família mais gostaram…

  • Carlos Moya disse:

    Olá Silvia, vou continuar esta série de seus artigos com o maior interesse. Argentina foi durante séculos um dos principais destinos para a emigração galega, aqui também sofrem inúmeras crises e há milhares de descendentes. Um beijo.

    • Você já visitou algum país aqui da América do Sul, Carlos?

      • Carlos Moya disse:

        Olá Silvia, a verdade é que eu nunca deixou a península, talvez quando minha esposa está aposentada, vamos visitar alguns lugares na Europa. Temos uma lista mais longa que recursos económicos disponíveis. Um beijo

        • Vou torcer para que consigam conhecer muitos lugares… em especial aqueles que forem mais desejados ou significativos para vocês…
          Eu adoro viajar, mas já retirei muitos lugares da minha lista… por questão financeira, porque alguns lugares foram ficando menos interessantes com o passar o tempo…
          Tenho que confessar, Carlos, que meu grande prazer é mesmo viajar pela Europa… Adoro Portugal e França. Tenho muita vontade de conhecer mais da Espanha (só estive em Madri) e da Itália (só estive em Veneza)…
          Um beijo!

Instagram
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza
  • #honorédebalzac #citações #trechosliterarios #amulherdetrintaanos #reflexõesdesilviasouza
  • #edmundburke #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #rubemalves #citações #reflexõesdesilviasouza