Dia Mundial da Obesidade
Previous post
Now reading

Todos os Contos de Clarice Lispector: “O triunfo”

Todos os Contos de Clarice Lispector: “O triunfo”
Todos os Contos de Clarice Lispector: “O triunfo”

Minha amiga Márcia convidou-me para compartilhar uma experiência incrível com ela e fiquei muito honrada com o convite: lermos simultaneamente os contos de Clarice Lispector, publicados recentemente pela Editora Rocco no livro “Todos os Contos”, e comentarmos cada um deles em publicações em nossos blogs.

Não é segredo que tenho uma admiração imensa por Clarice Lispector. Sei que a palavra “inveja” tem uma conotação muito negativa, mas tenho que confessar que invejo um pouco a capacidade que ela tinha de descrever os sentimentos usando as palavras que conhecemos; e ela fazia isso com maestria. Os sentimentos mais complexos, a angústia mais profunda, não importava… ela era capaz de fazer-nos sentir aquilo que ela queria descrever ao ler seus textos.

Na minha opinião, ela tem essa capacidade única de conversar diretamente com a alma do leitor.

O primeiro conto do livro chama-se “O triunfo”.

Neste conto, a personagem Luísa acorda de manhã tentando entender o silêncio absoluto na casa e, depois de um tempo, percebe que seu relacionamento tinha acabado e que o homem que ela amava tinha partido.

E, em meio às memórias da discussão da véspera, como tantas outras discussões que já tinham acontecido entre eles, ela se dá conta de que está sozinha e passa a vivenciar o desespero daquela solidão, daquele abandono e tenta vislumbrar o que será de sua vida e de seu futuro.

E eu, como leitora, passei a comungar os sentimentos de Luísa e a me lembrar dos momentos que já vivi em que a realidade se impunha de forma brutal e o vazio do completo isolamento causava uma dor quase intolerável.

O eco do definitivo na despedida, o “nunca mais”. Mas esse eco não é capaz de calar ou de matar a pequena esperança que faz questão de se manifestar, sussurrando que sempre pode haver um retorno.

E Clarice me arrebatou mais uma vez… em um conto tão curto, ser capaz de descrever tantos sentimentos e sofrimentos que acompanham o fim de um relacionamento.

Leiam também a publicação da Marcia no Blog Surtos Literários.

Written by

3 Comments
  • Marcia Cogitare disse:

    Silvia, eu gostaria de agradecer por ter aceitado meu convite. Isso me deixou muito feliz e sei que dividirei esta experiência com uma apaixonada pela literatura de Clarice.

    E vamos adiante, trocando ideias sobre nossas leituras.

    Hug 😀

Instagram
  • #gilbertcesbron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #catão #ocensor #citações #romaantiga #reflexõesdesilviasouza
  • #françoisehéritier #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #jorgeluisborges #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza