Now reading

Todos os Contos de Clarice Lispector: “O delírio”

Todos os Contos de Clarice Lispector: “O delírio”
Todos os Contos de Clarice Lispector: “O delírio”

Eu e a Marcia Cogitare (do blog Surtos Literários) lemos o terceiro conto do livro.

Tenho que confessar que achei difícil escrever sobre este conto. Acredito que tenha sido culpa da própria Clarice, que fez com que eu me sentisse como o personagem do conto e tenha me faltado lucidez.

Sugiro que leiam a publicação da Marcia para uma análise mais racional e cuidadosa, através do link: http://surtosliterarios.blogspot.com/2016/10/pj-clarice-lispector-conto-03-o-delirio.html.

Mas vou deixar aqui o meu delírio também.

Terceiro conto do livro “Todos os Contos” de Clarice Lispector, O delírio, nos envolve nos pensamentos de um homem doente, provavelmente internado em uma Clínica, sob cuidados de enfermeiras.

Não sabemos se é uma doença psiquiátrica ou se ele está medicado e confuso por causa das medicações.

No conto, a realidade e as alucinações (ou sonhos) do homem se confundem, não havendo um limite preciso entre o final de um e o início do outro. Por conta disso, é um conto difícil de descrever, porque nada está claro. O leitor entra nessa mente confusa, distorcida, e vivencia esse estado de semi consciência. É semelhante a quando alguém tenta falar conosco e estamos quase dormindo ou já dormindo e respondemos sem que a mente esteja totalmente desperta. É para este estado que o conto nos leva.

E, mais uma vez, a genialidade da Clarice constrói com maestria este estado de lucidez intermediária e envolve o leitor nesta sensação desconfortável de não saber realmente o que está acontecendo.

– Sílvia Souza

 

Written by

4 Comments
  • Marcia Cogitare disse:

    Que legal, intuímos a mesma coisa e fomos enganadas igualmente rs

    Clarice nos desafiando rs

    Hug

  • Carlos Moya disse:

    Olá Silvia, eu acho que Lispector investiga as mentes de seus jogadores, mesmo causando a maravilha no leitor quando expressa, sem filtros e com a sinceridade mais crua. Um abraço.

    • Olá, Carlos!
      Quanto mais eu leio as obras de Clarice Lispector, mais eu fico encantada.
      Não sei bem como ela conhecia tanto sobre os sentimentos mais profundos das pessoas, seus questionamentos, preocupações, angústias, insatisfações… e, em especial, das mulheres. E a gente consegue sentir isso com seus textos.
      É realmente maravilhosa!
      Beijo!

Instagram
  • #jorgeluisborges #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #cesarecantú #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza