Now reading

TAG A Música que…

TAG A Música que…
TAG A Música que…

Fui indicada pela querida Jaqueline Bastos do Blog O eu insólito para a TAG A música que…

Fiquei muito contente com a indicação e agradeço à Jaqueline pela lembrança.

 

A música que me faz rir: 

Hollywood Ending – Not Another Song About Love

Quase toda música que eu escuto é compartilhada com meus filhos (com exceção dos Clássicos e das músicas francesas, variedades que eles não gostam muito). Escutamos juntos e rimos juntos. Essa música tem uma letra muito anti romântica; e nós nos divertimos escutando.

 

A música que me motiva:

Pitbull – Give Me Everything ft. Ne-Yo, Afrojack, Nayer

Gosto da letra. Gosto do ritmo e da melodia. É uma música que me estimula e que melhora meu humor.

 

A música que me lembra alguém que eu amo: 

Extreme – More Than Words

Muitas pessoas que amamos se afastam ao longo da vida, pelos mais variados motivos. Muitas vezes, não há palavras que consigam descrever as saudades que ficam.

 

A música que eu gostaria de ter escrito: 

Adriana Partimpim – Oito Anos

Meu filho mais velho se chama Gabriel. E ele sempre foi uma criança muito inteligente e muito curiosa. Essa música se encaixou perfeitamente com o que ele sempre foi.

 

A música que me lembra a infância: 

Bill Haley & His Comets – Rock Around The Clock

Eu adorava as músicas das décadas de 1950 e 1960, porque tinham sido da juventude dos meus pais e nós escutávamos muito na minha infância. Essa música, particularmente, meu pai dançava comigo para me ensinar a dançar o twist.

 

A música da qual eu gosto da letra: 

Adriana Partimpim – Fico Assim Sem Você

Essa música é linda. Não é a única da qual eu gosto. Mas tenta descrever (com sucesso) o que é a saudade.

 

A música com a qual eu gosto de acordar: 

Family of the Year – Hero

Eu acordo (de fato) com essa música. Ela tem uma melodia linda, suave. E gosto muito do que ela diz também.

 

A música que me lembra minha adolescência: 

New Order – Bizarre Love Triangle

Essa música fez um sucesso enorme quando eu tinha meus 16 anos. Foi uma fase maravilhosa da minha vida.

 

A música que me lembra meus melhores amigos: 

Adriana Partimpim – O Gato E A Pulga

Meus melhores amigos são meus filhos. Há quem diga que os filhos não podem ser amigos, que, como pais, temos que manter a hierarquia. Mas não há ninguém no mundo que me conheça mais do que eles.

Quando morávamos fora do Brasil, um amigo levou de presente o DVD e CD da Adriana Partimpim. Eles assistiam muito ao DVD. E adorávamos essa música (todos nós). Até hoje, escutamos e cantamos juntos.

 

A música que me faz chorar: 

The Mamas and the papas – Dream A Little Dream Of Me

É uma música linda, que fala de amor. Fico emocionada quando escuto.

 

A música que eu adoro cantar: 

Chicago – You’re The Inspiration

Nos meus 13 anos, fazíamos festas para dançar. Isso não existe mais; meninos e meninas não dançam mais músicas românticas. Dançávamos naquela época. E essa música sempre era tocada.

Tenho ela no meu celular. E sempre que ela toca, aumento o volume e canto alto para meus filhos. É uma brincadeira, uma diversão. E atualmente eles gostam para dar risada.

 

A música que marcou um momento da minha vida: 

R.E.M. – It’s The End Of The World

Essa música estava no CD que eu escutava no carro quando morava fora do Brasil. Até hoje, ela me lembra daquele momento, que foi muito especial e significativo.

 

A música que eu dançaria agora: 

Safety Dance – Men Without Hats

É uma música super dançante, alegre, mas com um ritmo irregular. Quando dançávamos, fazíamos movimentos aleatórios, descoordenados. E isso era muito divertido.

É interessante como a música marca nossa história de vida sem que a gente se dê conta…

– Sílvia Souza

 

Written by

2 Comments

Instagram
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza
  • #honorédebalzac #citações #trechosliterarios #amulherdetrintaanos #reflexõesdesilviasouza
  • #edmundburke #citações #reflexõesdesilviasouza