Sonhos ou Pesadelos
Previous post
Now reading

Saúde: Obesidade – Alguns Aspectos

E depois?
Next post
Saúde: Obesidade – Alguns Aspectos
Saúde: Obesidade – Alguns Aspectos

Índice de Massa Corpórea (IMC)

O cálculo do IMC é a forma mais prática de avaliar o grau de excesso de peso. Ele é calculado com a seguinte fórmula:

IMC = peso (em kg) ÷ quadrado da altura (em metros)

O IMC se correlaciona com a gordura corporal e sofre pouca influência da altura. A Organização Mundial de Saúde (OMS) define sobrepeso como IMC  >25 e ≤29,9 e obesidade como IMC maior que 30 kg/m2.

 

Idade em que o excesso de peso pode se desenvolver

As pessoas podem desenvolver excesso de peso em qualquer idade; entretanto, há alguns momentos em que há maior chance de acontecer e esses momentos são variáveis dependendo do sexo.

1. Influência Prenatal: a quantidade de calorias ingeridas pela mãe durante a gravidez pode influenciar o tamanho, formato do corpo e composição corporal mais tarde na vida. A mãe que fuma durante a gravidez ou que desenvolve diabetes também aumenta o risco de obesidade no bebê.

2. Aleitamento materno: os bebês que recebem aleitamento materno têm menor risco de apresentar sobrepeso ao longo da infância.

3. Infância: a ocorrência de obesidade em crianças mais velhas (acima dos 10 anos) é um indicador importante de obesidade na vida adulta, independente dos pais serem ou não obesos. O fato de haver um dos pais obesos mais que dobra o risco de obesidade da criança se tornar um adulto obeso, seja ela magra ou não.

4. Adolescência: a presença de obesidade durante a adolescência está associada a obesidade importante na vida adulta.

5. Mulher adulta: a maioria das mulheres ganha o excesso de peso após a puberdade. Esse ganho de peso pode ser desencadeado por vários eventos, incluindo a gestação, uso de contraceptivos hormonais e a menopausa.

6. Homem adulto: a mudança de um estilo de vida mais ativo (que geralmente está presente durante a adolescência e início da vida adulta) para um estilo de vida mais sedentário está associado a ganho de peso em muitos homens. O aumento no peso pode ser progressivo até a sexta década de vida.

 

Outros fatores relacionados ao ganho de peso ao longo da vida

1. Estilo de Vida: um estilo de vida mais sedentário diminui o gasto energético e promove o ganho de peso. De todos os comportamentos sedentários, assistir à televisão por períodos prolongados parece ser o que está mais relacionado à ocorrência de obesidade e de diabetes.

2. Privação do sono: alguns trabalhos sugerem que o sono inadequado poderia, de alguma forma, favorecer a superalimentação, a obesidade e uma resposta alterada à dieta, com menos perda de gordura nas pessoas que dormem menos.

3. Parar de fumar: o ganho de peso é muito comum quando as pessoas param de fumar.

4. Convívio social: as relações sociais podem afetar o risco de obesidade das pessoas.

– Sílvia Souza

Written by

Instagram
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza
  • #honorédebalzac #citações #trechosliterarios #amulherdetrintaanos #reflexõesdesilviasouza
  • #edmundburke #citações #reflexõesdesilviasouza