Now reading

Saúde: Como cuidar do diabetes na escola

Perfumaria: Mimosa
Next post
Saúde: Como cuidar do diabetes na escola
Saúde: Como cuidar do diabetes na escola

Deve-se avisar na escola que a criança tem diabetes?

Sim. As escolas devem ser avisadas sobre todos os problemas de saúde que seus alunos têm, e o diabetes está entre eles. É importante que as pessoas que tenham contato direto com a criança saibam se ela tem diabetes e como lidar em situações de descompensação, tanto de hipo quanto de hiperglicemia.

 

Quem vai cuidar do diabetes da criança na escola?

O ideal é que haja um adulto responsável pelos cuidados da criança. Se houver um enfermeiro na escola, ele deve ser a pessoa encarregada. Caso não haja tal profissional, outra pessoa deve assumir este cuidado: o professor, o auxiliar, o coordenador… Caso essa pessoa não tenha experiência com diabetes, é importante que ela aprenda alguns aspectos principais.

Conforme a criança fica mais velha, ela acaba sabendo identificar seus sintomas e já consegue tomar as ações necessárias para resolver os principais problemas.

A pessoa responsável por cuidar da criança na escola deve estar em contato com os pais e com os profissionais de saúde para entender quais são as medidas a serem tomadas em cada situação. Essas medidas devem ser escritas para serem seguidas de acordo com a orientação. E todas as dúvidas devem ser esclarecidas com os pais ou com o médico responsável.

 

Quais são as informações que devem constar na agenda ou ficha da criança?

  1. Os medicamentos usados pela criança, inclusive com os horários e as doses a serem administradas.
  2. Os lanches e refeições devem ser programados, com o tipo de alimento que deve ser ingerido ou evitado e quais horários de refeições devem ser respeitados, assim como as quantidades.
  3. Verificação da glicemia, devendo constar quem ficará encarregado dessa verificação e em que momentos ela deverá ser realizada.
  4. Alerta sobre possíveis sintomas de hipo ou de hiperglicemia.
  5. O que fazer se a glicemia estiver alta ou baixa demais, inclusive sobre o momento em que a criança deve ser encaminhada a um serviço de emergência.
  6. Contatos dos pais, outros familiares e do médico para casos de emergência.
  7. Orientações para os momentos de atividade física, festas escolares, passeios e excursões.
  8. Outras necessidades que a criança possa ter, como um momento para sair e verificar a glicemia ou comer algo.

Essas anotações devem estar disponíveis e de fácil acesso para todas as pessoas que possam precisar cuidar da criança na escola.

Além disso, as anotações e a agenda da criança devem ser revistos e atualizados anualmente ou sempre que houver alguma alteração.

 

Como os pais podem ajudar?

  1. Levando para a escola todos os medicamentos e utensílios importantes para a verificação e controle do diabetes, como o aparelho para medir glicemia, as tiras reagentes, as lancetas, os medicamentos e o que for necessário para situações de emergência.
  2. Deixando comida e lanches à disposição da criança na mochila ou na escola.
  3. Conversando constantemente com os profissionais da escola para esclarecer dúvidas e falar sobre o diabetes.
  4. Mantendo a escola sempre informada sobre qualquer mudança na saúde da criança ou nos cuidados a serem tomados.

 

 

Written by

2 Comments
  • Eu tenho uma amiga que descobriu ter diabetes aos dez anos de idade. Conheci-a quando ela já aos dezenove anos e me surpreendi ao vê-la levantar a blusa com zero cerimônia e aplicar insulina na barriga antes de dividirmos uma pizza (eu então não sabia que ela tinha diabetes), então ela acabou me contando um pouco sobre como foi lidar com a doença e sobre como hoje ela já sabe o que pode comer com e sem tomar insulina e as quantidades adequadas a cada alimento. E o relato dela foi bem nessa linha que você explicou 🙂

    Beijos!!

    • Silvia Souza disse:

      Olá, Thaís!
      Não é uma doença fácil, mas existem muitas novidades sempre, porque os investimentos são grandes.
      E lidar com essa naturalidade da sua amiga é o ideal.
      Beijo grande!

Instagram
  • #jorgeluisborges #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #cesarecantú #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza