Now reading

Muro

Muro
Muro

O fim de um relacionamento é o mesmo que o fim de um amor? De um sentimento? Certamente que não. Relacionamentos acabam pelas mais variadas razões, sejam racionais ou não; o fim definitivo é dado pela morte de um dos envolvidos.

Há situações em que duas pessoas não podem continuar juntas. Porque as consequências de suas atitudes podem ser graves demais e acarretar perdas grandes demais, que acabariam, de qualquer forma, desgastando o casal.

A separação baseada na razão parece mais dolorida, porque todos os sentidos do corpo pedem a presença do outro; a respiração parece soar o nome do ente amado; as lembranças boas não somem; a saudade apenas cresce.

E se o sentimento não morrer nunca? Seria possível sufocá-lo? Silenciá-lo? Guardá-lo? Ou qualquer outra ação que simplesmente possa exterminá-lo ou tirá-lo de perto de nós, para que não doa mais?

E quando esse ente amado se foi e já não há mais notícias, como destruir o muro que nos isola das outras pessoas, que mantém o silêncio e a solidão?

Busco respostas… encontro apenas mais perguntas…

Você saiu da minha vida,

Mas não abriu as algemas.

Continuo prisioneira dos seus desejos,

Imune aos sons envolventes,

Aos perfumes inebriantes.

Contida… apenas esperando…

– Sílvia Souza

Written by

3 Comments

Instagram
  • #anaïsnin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #florbelaespanca #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #florbelaespanca #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #patríciareis #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #marcoaurélio #citações #reflexõesdesilviasouza