Now reading

Medicina e Saúde: Hirsutismo

Diálogo
Next post
Medicina e Saúde: Hirsutismo
Medicina e Saúde: Hirsutismo

O que é hirsutismo?

Hirsutismo é o termo médico para o excesso de pelos no corpo da mulher. Os pelos são escuros e grossos e crescem em locais em que apenas homens deveriam ter pelos grossos e escuros. Esses locais incluem a área acima dos lábios, queixo, região lateral da face, tórax, costas, abdome. O hirsutismo é comum. Ele afeta cerca de 1 em cada 10 mulheres em idade fértil.

 

O que causa o hirsutismo?

Muitas mulheres têm aumento da quantidade de pelos corporais devido aos antecedentes familiares. Nesses casos, embora possam trazer desconforto, não são decorrentes de alterações hormonais. Outras mulheres apresentam hirsutismo devido a elevação dos níveis de hormônios masculinos, chamados andrógenos. A testosterona é o andrógeno mais importante e seus níveis são elevados nos homens; mas as mulheres costumam ter níveis muito mais baixos.

A disfunção que mais frequentemente causa elevação dos níveis de andrógenos nas mulheres é a Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP). Essa disfunção também pode causar alteração do ciclo menstrual, ganho de peso, acne e outros sintomas.

Há doenças mais graves que também cursam com o hirsutismo: tumores dos ovários ou das adrenais; mas felizmente essas doenças são muito raras.

 

Quais são os sintomas que podem aparecer?

Outros sintomas da SOP são:

  1. Irregularidade menstrual
  2. Acne
  3. Queda de cabelos
  4. Ganho de peso ou obesidade

 

Quando procurar um médico?

  1. Quando o hirsutismo aparece de repente ou piora rapidamente
  2. Quando houver suspeita de SOP
  3. Quando estiver incomodada pelo excesso de pelos e quiser um tratamento

 

Há exames que devem ser feitos?

Os exames para avaliação podem variar de acordo com a idade, sintomas associados e situação individual.

Alguns exames possíveis são:

  1. Exames de sangue para verificar os níveis hormonais
  2. Ultrassonografia pélvica para avaliar o útero e os ovários
  3. Outros exames de imagem, como tomografia ou ressonância, quando houver suspeita de um tumor

 

Há algum tratamento?

Sim. Se houver sobrepeso ou obesidade, a redução do peso pode melhorar os níveis dos andróginos e melhorar os sintomas. A redução de apenas 5% do peso já é de grande ajuda.

 

Como se trata o hirsutismo?

Isso depende da causa e dos sintomas. Alguns tratamentos possíveis incluem:

  1. Anticoncepcional oral: tratamento mais comum; ajuda a regularizar o ciclo menstrual e a melhorar os níveis hormonais.
  2. Medicamentos chamados anti-androgênicos, que reduzem os níveis dos andróginos ou bloqueia a sua ação no organismo.
  3. Remoção ou clareamento dos pelos.

 

Written by

Instagram
  • #jorgeluisborges #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #cesarecantú #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza