O Carnaval da minha vida
Previous post
Now reading

Medicina e Saúde: Câncer de Tireoide

Medicina e Saúde: Câncer de Tireoide
Medicina e Saúde: Câncer de Tireoide

O câncer de tireoide é o tipo de câncer mais comum do sistema endócrino, do qual fazem parte as glândulas que produzem hormônios em nossos corpo. Os nódulos que aparecem na tireoide nem sempre são cânceres; mas mesmo quando forem, existem tratamentos adequados.

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta situada na parte anterior do pescoço. Ela usa o iodo, um mineral encontrado em alguns alimentos, para produzir hormônios que ajudam no funcionamento de todos os órgãos do corpo; eles ajudam a controlar o metabolismo, afeta nosso peso e as funções cerebrais, além de interferir nas funções do coração, pulmão, intestinos, pele, cabelo.

 

Fatos sobre os nódulos tireoidianos:

  1. Mais de 90% deles não são lesões graves
  2. Menos de 1 em cada 10 nódulos é um câncer
  3. Um sinal que pode indicar um câncer de tireoide é a presença de uma nodulação na parte da frente do pescoço
  4. O médico pode identificar a presença de um nódulo na tireoide através da palpação; mas a existência de câncer ou não apenas é identificada através de uma punção aspirativa do nódulo ou através do exame anátomo-patológico realizado no nódulo retirado cirurgicamente.

O câncer de tireoide geralmente não acarreta nenhum sintoma específico, mas deve-se avisar o médico caso haja:

  1. presença de uma tumoração no pescoço
  2. rouquidão
  3. dificuldade de deglutir
  4. dor no pescoço ou na garganta
  5. aumento de um linfonodo (gânglio) no pescoço

 

Tipos de câncer de tireoide:

  1. Papilífero: é o mais frequente (80% dos casos); é de crescimento lento, pode estar presente de um ou dos dois lados da tireoide e pode se espalhar para os linfonodos do pescoço.
  2. Folicular: é o segundo mais comum; é mais encontrado nos países em que há falta de iodo.
  3. Medular: menos comum; mais comumente encontrado em casos familiares e pode se espalhar para linfonodos e outros órgãos.
  4. Anaplásico: muito raro e muito agressivo; rapidamente se espalha para outras partes do pescoço e outros órgãos.

 

As estatísticas americanas indicam cerca de 62 mil novos casos de câncer de tireoide por ano. Ele ocorre de forma mais frequente nas mulheres, podendo aparecer em qualquer idade, mas o período de maior incidência está entre 40 e 50 anos para as mulheres e 60 e 70 anos para os homens. Cerca de 2 em cada 3 casos aparecem em pessoas com menos de 55 anos. Idade, sexo e história de exposição à radiação afetam o risco da doença.

 

Maior risco:

  1. Idade entre 25 e 65 anos
  2. Mulher
  3. Caucasiano
  4. História familiar de doença tireoidiana
  5. História de exposição à radiação, especialmente na infância

 

O tratamento é feito com a retirada cirúrgica da tireoide contendo os nódulos. Pode ser necessária uma complementação com iodo radioativo; isso é avaliado individualmente.

Como não há mais a glândula tireoide produzindo hormônio, é necessário que seja feita a reposição do hormônio tireoidiano pelo resto da vida.

– Sílvia Souza

 

Written by

Instagram
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza
  • #honorédebalzac #citações #trechosliterarios #amulherdetrintaanos #reflexõesdesilviasouza
  • #edmundburke #citações #reflexõesdesilviasouza