Now reading

Infinitos “eus”

Infinitos “eus”
Infinitos “eus”

Às vezes vejo pessoas tão certas de suas opiniões. Elas sabem exatamente o que querem, daquilo que gostam e conseguem prever o que fariam frente a uma situação.

Eu não sou assim. Talvez seja o oposto. Ausência de certezas. Indefinições. Dúvidas.

Posso gostar de coisas que pareçam antagônicas. Tenho dificuldade de tomar decisões, seja porque minha visão muda de minuto a minuto, seja porque eu sofra muito por abrir mão das coisas ou das pessoas ou das situações que sejam boas e confortáveis.

São muitas personalidades diferentes vivendo dentro de mim. E não há ordem. Não há um chefe.

Gosto do silêncio da minha solidão e das vozes dos meus filhos gritando na sala.

Gosto de viajar e gosto de estar no conforto da minha casa.

Gosto de bons restaurantes e do sanduíche da padaria.

Gosto de livros, filosofia, literatura, meditação.

Gosto de perfumes, maquiagem, cremes, unhas feitas, cabelos arrumados.

Gosto dos óculos da Bvlgari, das bolsas da Hermès, dos relógios Cartier.

Gosto do artesanato das feiras livres, dos livros dos sebos, das sacolas de palha.

Gosto de sentar no chão, afundar os pés na areia. Gosto de sol, de banho de mar.

Gosto da lua brilhando no céu, mais ainda quando ele está estrelado porque estamos no meio do nada, ao som dos grilos e sapos.

Gosto de poder caminhar livre, sem ter horário para chegar a algum lugar.

Gosto de ser pontual e nunca entrar no cinema depois do filme ter começado.

Gosto daquilo que não se compra: abraço, beijo, carinho, amor.

Gosto do brilho no olhar de felicidade ao rever alguém que estava longe.

Gosto do sorriso, da gargalhada sincera, daquela risada longa, incontida, que chega a trazer lágrimas aos olhos.

Gosto da sinceridade, de poder falar o que eu sinto, o que me vem à cabeça, seja algo bobo ou filosófico.

Gosto do quarto aquecido pela lareira no inverno ao lado do amor da minha vida (mesmo que seja apenas imaginário).

Gosto de fazer compras, de ganhar presentes e, mais ainda, de dar presentes para as pessoas que cruzam meu caminho.

Gosto do perfume das flores, das cores da Natureza, do som do mar ou de uma cachoeira.

Gosto da beleza de um beija-flor, do cachorro que vem brincar, do brilho do arco-íris.

Gosto de tantas coisas que não cabem dentro de mim, que não posso abraçar nem guardar.

Cabe a mim olhar cada uma delas, senti-las, e guardar apenas essas sensações.

E cada sensação, cada pessoa nova na minha vida, cada experiência, cada pequena coisa (que possa parecer insignificante) cria novos “eus” dentro de mim. Tudo o que interage comigo me modifica, me transforma, molda quem sou.

E espero que seja sempre para melhor.

– Sílvia Souza

(29/01/2015)

 

 

Written by

9 Comments
  • Sílvia, sou meio como você tbm. Não tenho gostos definidos, na vdd sempre estou mudando de A a z e até eu me acho meio confusa, vai entender.
    Amei este post e que sempre tenha melhores “eus”.
    Luh.

  • mariel disse:

    O sim e o não são antagônicos? São, nim? Vejo tudo que você falou como complementares, partes entre si, formadoras de um certo equilíbrio. Depois, entrar no cinema com filme começado é pouco inteligente: às vezes os trailers são tão bons quanto o que fomos assistir.

  • sibilahonda disse:

    Acredito que ser “antagônico” como você disse só reflete um ser humano verdadeiro…. Todos temos vários “eus”, um para cada momento e companhia. Quem não demonstra seus “eus” diferentes, só tenta sufocar alguns, provavelmente por medo; ou simplesmente não os verbaliza. Quem acha que sabe sobre suas ações/reações em cada situação é porque nunca experimentou a vida…..

  • Bela autorreflexão, Sílvia! Inclusive para que seus leitores conheçamos um pouquinho mais da pessoa além dos textos que sempre lemos.
    Feliz 2016 e que este ano seja de muita saúde e traga muitas bençãos para você e sua família.
    Beijos!

Deixe uma resposta

Instagram
  • #JamesJoyce #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #gastonbachelard #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #victorhugo #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #claudeaveline #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thomasatkinson #citações #reflexõesdesilviasouza