Now reading

Filme “Memórias Secretas” (“Remember” – 2015)

Filme “Memórias Secretas” (“Remember” – 2015)
Filme “Memórias Secretas” (“Remember” – 2015)

Acho que eu não esperava ser tão surpreendida no final deste filme como eu fui. Um filme absolutamente incrível com atores espetaculares: Christopher Plummer e Martin Landau.

Christopher Plummer interpreta Zev Guttman, um judeu, ex prisioneiro do campo de concentração de Auschwitz, que, com cerca de 90 anos, sofre de demência. Ele mora em um lar para idosos e sua esposa faleceu há 1 semana. Após a morte da esposa, ele tinha prometido a um amigo que iria atrás no responsável pela morte de suas famílias durante a guerra. Este homem, que tinha sido responsável por um dos blocos de Auschwitz, também tinha emigrado para os Estados Unidos usando os documentos de um dos prisioneiros.

Zev sai sozinho do lugar onde morava, sem avisar o filho nem deixar um bilhete, e viaja pelos Estados Unidos e Canadá atrás de 4 homens que tinham assumido a mesma identidade. E ele segue sozinho sem se lembrar nem mesmo da morte da esposa. O amigo, Max, deixou tudo organizado, todos os hotéis reservados, os transportes alugados, tudo pago e programado. E deixou todas as instruções escritas em uma carta que passa a ser essencial para Zev, porque a carta conta sobre a morte da esposa e o que exatamente ele está buscando.

Este filme incrível manteve-me hipnotizada durante seus 94 minutos. Ele mostra o envelhecimento, a demência, a perda das capacidades físicas e mentais, e, ainda assim, a busca pela vingança de uma época terrível que não pode ser apagada da mente das pessoas. Cada um dos homens que esteve na guerra, prisioneiros ou soldados, reconstruiu sua vida, casou, teve filhos e chegou à velhice. E, ainda assim, são assombrados por aquele passado, por todo o sofrimento e as crueldades que sofreram ou cometeram. Mesmo os antigos soldados sofriam ao enfrentar os fantasmas do passado, as mortes pelas quais eram responsáveis e as torturas que tinham implementado.

Imagino que nenhuma pessoa que tenha enfrentado o período da guerra tenha saído vencedor. Imagino que as dores da alma, os pesadelos incessantes, as imagens tormentosas permaneceram assombrando cada momento de silêncio ou de solidão.

E, mesmo depois deste período sombrio da História, ainda podem ser encontradas pessoas que admiram o que aconteceu… que comemoram, dão risadas, como aparece no próprio filme, em uma das casas que Zev visita. O homem que tinha estado na guerra tinha falecido havia pouco tempo; mas o filho mantinha com orgulho a bandeira nazista, o livro de Hitler e outras lembranças da Alemanha nazista e das histórias “engraçadas” que o pai gostava de contar sobre os terrores cometidos contra os prisioneiros.

O filme é realmente muito bom. E guarda grandes emoções para o final.

Totalmente recomendado.

 

– Sílvia Souza

 

Written by

4 Comments

Instagram
  • #lopedevega #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #fiodordostoievski #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #elianebrum #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #eugéniodeandrade #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #richardHooker #citações #reflexõesdesilviasouza