Now reading

Filme “Hotel Transilvânia 2” – 2015 (“Hotel Transylvania 2”)

Filme “Hotel Transilvânia 2” – 2015 (“Hotel Transylvania 2”)
Filme “Hotel Transilvânia 2” – 2015 (“Hotel Transylvania 2”)

Não sei quem gosta mais de filmes de animação, se são meus filhos ou se sou eu.

Quando eu era pequena, filmes de desenho animado em longa metragem eram feitos apenas pela Disney e não passavam na TV. Eu precisava esperar que algum deles fosse exibido no cinema da cidade onde eu morava. Lembro-me de ter assistido a poucos desenhos da Disney durante a minha infância.

Quando me mudei para São Paulo, a Disney começava com uma nova fase de filmes, que começou com “A Pequena Sereia”. E vários outros desenhos excelentes se seguiram. Eu podia vê-los no cinema, em versão original. Conseguia viver um pouquinho da minha infância, uma parte que tinha ficado meio incompleta.

Passei a comprar os filmes em VHS e a colecioná-los.

Quando meu filho mais velho nasceu, comprei os filmes em DVD (mesmo os que eu já tinha em VHS). E passei a comprar alguns filmes antigos que eu nunca tivera a chance de ver: “Branca de Neve”, “Dumbo”, “Pinóquio” e vários outros. Não foram todos, mas foram muitos.

Outros estúdios de cinema passaram a fazer desenhos e animações. Chegaram a Pixar, DreamWorks, Sony. Eu tentava acompanhar todos os lançamentos com meus filhos e a paixão pelo cinema cresceu neles também.

Foi uma pena que muitos filmes eu não pude ver na versão original, simplesmente porque não eram lançados comercialmente nas salas de cinema. Até me parece que eles voltaram, mas são poucas opções de salas e poucas opções de horários.

E são tantos lançamentos diferentes de desenhos e animações, que eu desisti de assistir a todos. Alguns são muito fracos, com histórias ruins, dublagens cansativas; e eu acabava dormindo na sala escura.

Apesar de selecionar melhor o que vou ver, ainda continuo apaixonada por esses filmes e por libertar meu lado infantil.

O “Hotel Transilvânia” (o primeiro) foi uma animação que eu gostei. Não está entre as minhas preferidas, mas é um filme divertido, interessante e que rende boas risadas. Fomos assistir ao 2. Expectativas baixas.

O filme surpreendeu. Eu e meus filhos achamos que é melhor que o primeiro. Na pior das hipóteses, diria que é tão bom quanto. Uma história completamente diferente, com o bebê filho de uma vampira e de um humano. Não se sabe se ele será um vampiro.

Gostei do que ele mostra das relações familiares, da tolerância, de como lidar com as diferenças. Achei engraçadíssimas as partes em que são abordados os passatempos e programas infantis hoje em dia, em que tudo é (excessivamente) politicamente correto (poderia haver um meio termo, não?).

Definitivamente, foi um programa ótimo!

Vimos na versão original em inglês, com as vozes de Adam SandlerAndy SambergSelena GomezKevin JamesSteve BuscemiDavid SpadeKeegan-Michael KeyFran Drescher e outros. Acho uma pena que não haja mais opções de salas e horários com as vozes originais. Ontem à noite, a sala estava cheia e havia apenas adultos assistindo; meus filhos eram os mais novos.

 

 

Written by

4 Comments
  • Olá, adoro filmes de animação. Acabo ficando até mais empolgada que as crianças. Não vejo a hora de assistir Hotel Transylvania 2. Bjs

  • Monica T Maia disse:

    Ola Silvia! Sabe, as animações me “salvaram” nos últimos anos. Muita coisa ruim no cinema formal. E acredito que as chamadas ‘histórias para crianças’ são muito inspiradas para um aprendizado adulto. Acho que muitas delas são muito mais adultas do que as que apelam aos excessos de violência, por exemplo… Boa pedida com seus filhos! Beijo na alma!

    • Silvia Souza disse:

      Eu concordo, Monica!
      Eu sou fã das animações. E geralmente vão muito além de historinhas infantis.
      Você assistiu a “Divertida Mente”?
      Um beijo grande pra você também!

Instagram
  • #francescoalberoni #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #honorédebalzac #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #JaimeDeBalmes #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #jamesbaldwin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #mikhailbakunin #citações #reflexõesdesilviasouza