Escola
Previous post
Now reading

Estou fraca

Estou fraca
Estou fraca

Estou cansada. Nasci fraca em um mundo de brutalidade. Tento corresponder às expectativas das pessoas e isso é uma atitude cruel comigo mesma. Cada um segue seu desejo egoísta e eu vou me partindo em inúmeros pedaços para caber em cada um desses egoísmos.

Se cada um pensasse um pouquinho no outro… se cada um tentasse imaginar como o outro está se sentindo… se cada um calculasse as consequências de suas ações ou os efeitos de suas palavras…

Quanto o mundo poderia estar melhor?

Vejo as crianças e os adolescentes nos dias atuais com seus egos inflados, achando que os pais, professores e todos os adultos com quem convivem devem satisfazer a todos os seus desejos, incapazes eles mesmos de apontarem o que realmente querem da vida. Vivem sem objetivos, esperando de mão beijada a realização de todos os seus direitos e negando dia após dia os deveres que deveriam ser cumpridos, como exigência da vida em sociedade.

Vivo nessa fraqueza, na ausência completa de forças, no desânimo de observar a superficialidade das relações, a desvalorização das atitudes corretas, a idolatria do vício e das atitudes transgressoras. Vive-se com o desejo de aproveitar tudo, caso a vida acabe amanhã. Mas levar a vida de maneira irresponsável é aproveitar tudo?

Eu sinto que o que mais acalma o espírito e tranquiliza a alma são as relações afetuosas, os abraços, os carinhos sinceros, sentar para escutar o outro de verdade (sem se dispersar com mensagens no celular ou e-mails recebidos). Os objetivos estão ausentes e os desejos são incontáveis, porque ninguém mais presta atenção em ninguém. E cada um tenta preencher seu vazio da forma que esteja disponível.

Eu sou fraca e também fui sugada por esse redemoinho de carências transformadas em objetos e prazeres. Eu também estou perdida nessa vida vertiginosa em que nos fazem acreditar em milagres para pecados que não cometemos. Todos querem emagrecer. Todos querem permanecer jovens. Todos querem ter riquezas. Todos querem ficar famosos. Quando de fato deveríamos estar felizes com um corpo sem deficiências, com as rugas que mostram os sorrisos que foram sinceros, com as riquezas da alma, com o amor que recebemos daqueles que realmente se importam conosco.

Sei que sou fraca. Também não fui a filha ideal, nem a mãe ideal, nem a irmã ideal… aliás, passei longe do ideal. Pequei por me deixar ser sugada pelo excesso de vaidade, pelos gastos descontrolados, pelo consumo excessivo, como se alguma dessas coisas preenchesse minha solidão e meu vazio interior.

Sigo tentando me descobrir e me bastar. Tento apenas recuperar minhas forças para poder andar ereta de novo, fugindo desse mundo complexo, violento, brutal. Quero encontrar minha paz e a admiração daqueles que realmente importam.

– Sílvia Souza

 

Written by

10 Comments
  • Wizard9 disse:

    Já está encontrando. Força e fé! 🙂

  • mariel disse:

    Estar é diferente de ser e vou confiar no que você escreveu: “estou”(não “sou”) fraca”. Estar fraco, por que não? Que orgulho é esse que não permite que às vezes os joelhos se dobrem. Há dias difíceis, ponto. Saia daí o mais rápido que puder. E seja o que quiser.

  • Me identifiquei com o que escreveu, ou com o que descreveu o momento atual!
    É em festa, em restaurantes… o que mais se vê são jovens de olhos nos celulares…
    Vamos juntas então tentando se adequar 🙂

    • Silvia Souza disse:

      Obrigada, Valéria, pela visita e pelo comentário.
      Se cada pessoa tentar mudar um pouquinho, acho que conseguimos fazer uma grande mudança, né?
      🙂

  • laynnecris disse:

    Silvia… você é um mulher admirável e tem um coração gigante e imagino o quanto deva ser difícil pra você o dia a dia sendo assim uma pessoa que tem tanta empatia e acaba por por nos ombros as dores alheias. Saiba que por mais que pouco posso te oferecer, tens em mim uma amiga pra o que quiser. Um grande abraço de coração!

    Beijos carinhosos…

    (demorei, estava difícil carregar os comentários… <3)

Instagram
  • #jamesbaldwin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #mikhailbakunin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #JamesJoyce #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #gastonbachelard #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #victorhugo #citações #reflexõesdesilviasouza