Escritor: Ziraldo
Previous post
Now reading

Amizades inesperadas

Angústias
Next post
Amizades inesperadas
Amizades inesperadas

Houve muitos dias em que eu não enxergava uma saída. Eu sabia que a resposta aos problemas estava em mim. Não adiantava buscar em coisas ou em outras pessoas.

Houve vários dias em que parecia que minha esperança tinha se esgotado. Não conseguia ver os aspectos positivos da vida. Não que eu achasse que minha vida era ruim; seria injusto dizer isso. Sou uma pessoa abençoada e sempre tive certeza disso. Eu simplesmente não via as coisas boas que eu podia trazer para os outros… e essa é uma diferença enorme!

Em inúmeros dias, achei que meus filhos seriam mais felizes se vivessem apenas com o pai, longe de mim. Eles reconhecem cada expressão do meu rosto, cada mudança no brilho do olhar… e eu sofria por vê-los tristes nos dias em que eu não via uma saída.

Em muitos momentos, busquei forças em livros, filmes, filosofia, religião. Mas ainda me afastava das pessoas, porque achava que eu as contaminava com minha melancolia e desesperança.

Quando assisti ao filme (já comentado aqui) “A Felicidade Não Se Compra” (título original: “It’s a Wonderful Life”) de Frank Capra, de 1946, passei a ver algumas coisas com outro olhar. Percebi que eu podia, sim, estar contribuindo para a vida das pessoas, trazendo coisas boas. Cuido de muitas pessoas e acredito que faço o bem, que dou carinho e atenção. Dediquei minha vida aos meus filhos e fico muito feliz ao perceber as pessoas maravilhosas que estão se formando.

Resolvi não ter medo de expor quem sou, meus medos, tristezas, alegrias, sofrimentos… e as minhas descobertas sobre como superar todas as dificuldades pelas quais passei. Não tenho regras nem segredos. Apenas experiências para quem quiser ler.

E, ao perder o medo de mostrar meu verdadeiro EU, cheio de defeitos e incertezas, tombos e recomeços, dúvidas e escolhas erradas, fui, pouco a pouco, encontrando pessoas maravilhosas que têm trazido novos olhares para minha própria vida. Talvez eu sempre tivesse procurado nos lugares errados, naqueles que não faziam parte de mim.

São palavras de estímulo inesperadas, exemplos de vida, carinho, apoio. Tem sido um mundo novo para mim. Um mundo que eu não conhecia. Um mundo do qual eu me sentia excluída.

Às vezes, temos medo de nos expor e de sofrer. Eu estava vivendo assim. Era uma falsa proteção causada pelo medo. Mas o medo não protege. Eles nos atrofia… suga nossa beleza… murcha nossa sensibilidade e o que temos de bom dentro de nós.

Eu perdi o medo e mostro quem eu sou. E pessoas incríveis se aproximaram. Nossas boas energias atraem sempre coisas boas!

Sei que sempre tive minha família maravilhosa ao meus lado (meus pais, minhas irmãs e meus filhos). Mas agora, me sinto cercada por várias outras pessoas incríveis, mesmo que à distância… mas sinto que as conheço mais profundamente do que muitas que vejo toda semana. Entre essas pessoas únicas, quero deixar meu carinho especial à minha mais nova amiga. Foi uma enorme alegria poder compartilhar meus pensamentos com você!

Sílvia Souza

Written by

6 Comments

Instagram
  • #JamesJoyce #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #gastonbachelard #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #victorhugo #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #claudeaveline #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thomasatkinson #citações #reflexõesdesilviasouza