Now reading

À pequena Clara

A outra carta
Next post
À pequena Clara
À pequena Clara

Será possível amar alguém que nunca se viu? Amar pelas histórias contadas, pelas fotos, pelos vídeos curtos, pela doce voz infantil?

Por mais que esse amor seja construído pelos olhos de outra pessoa, eu acho que SIM… é possível amar, com amor sincero, alguém que nunca vimos, que nunca tocamos; alguém que não nos olhou nos olhos, não nos deu um abraço; alguém que pode nem mesmo saber da nossa existência. E, ainda assim, essa pessoa pode ser alvo do nosso amor, do nosso carinho, das nossas orações.

Hoje a Clara completa 6 anos. E ela nunca me viu. Mas eu sinto como se a conhecesse em cada pequeno detalhe. Seu jeito falante e extrovertido; suas pequenas sardas; o cabelo cacheado de um castanho claro, quase ruivo; os olhos pequenos e risonhos; a pele branca, muito branca e delicada. Escutei tantas histórias… na escola, em casa, em briga com a irmã… Vi suas fotos nas apresentações de ballet, de natação, na festa de Halloween, Natal, Ano Novo… Eu a escutei recitando em inglês, cantando, falando… Eu a vi lutando, vestida de bailarina de dança do ventre… Sei de muitas de suas artes, da falta de limites… porque é difícil impor limites a alguém como a Clara.

Escutar as histórias da Clara sempre me trazia alegrias. E eu fui amando a menina que eu nunca vi. Imagino encontrá-la no shopping ou saindo do cinema. Olho as meninas de cabelos cacheados e vejo a Clara correndo e pulando e cantando e dançando.

Invejei todas as pessoas que a conheciam. Eu queria ter essa mesma sorte. E, embora eu seja uma pessoa abençoada, essa sorte eu não tive. Não conheci a Clara.

Hoje em dia, nem suas histórias eu escuto mais. Não sei como irá comemorar seus 6 anos. Não sei se continua se divertindo com os cachorros e passando os dias fazendo bagunça na casa dos avós.

E, ainda assim, apesar de nunca tê-la visto de verdade e de não ter mais notícias dela, eu ainda a amo… e hoje, nos seus 6 anos, ainda penso nela, desejando que ela cresça linda, alegre, com saúde. E que seja sempre muito feliz.

Parabéns, pequena Clara!

———————————————————————————————

“Eu acredito em fadas, princesas e anjos.

E há aqueles pequenos seres,

Raros seres,

Quase únicos em sua perfeição,

Capazes de combinar vários seres mágicos em uma única pessoa.

Os cachos dos cabelos, loiros, castanhos ou vermelhos,

As pequenas pintinhas espalhadas dela face,

A pele branca, feita de luz.

Ao sorrir, os olhos diminuem como se quisessem acompanhar os lábios.

Um anjo em sua inocência,

Peralta e brincalhão.

Uma princesa em seu encanto, beleza e futuro.

Uma fada que faz sua mágica na alegria que espalha,

Nos abraços que dá sem nada pedir,

No brilho que coloca nos olhos das pessoas que ama.

Que essa pequena princesa angelical encantada

Permaneça com sua pureza por toda sua vida

E seja SEMPRE muito feliz!”

 

 

Written by

3 Comments

Instagram
  • #marcoaurélio #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #joséluíspeixoto #citações ##abraço #reflexõesdesilviasouza
  • #fernandopessoa #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #fernandopessoa #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #fernandopessoa #citações #reflexõesdesilviasouza