Now reading

A beleza da composição de um perfume

A beleza da composição de um perfume
A beleza da composição de um perfume

Uma amiga muito querida, sabendo da minha paixão por perfumes, enviou-me um artigo de um site português que contém a entrevista com o único perfumista português que faz parte da Société Française des Parfumeurs.

O perfumista é Lourenço Lucena, de 47 anos, nascido em Lisboa. E ele conversou com Francisca Gorjão Henriques. Ele já era casado e pai de dois filhos, quando resolveu fazer um curso de formação em Composição de Perfumes na Cinquième Sens, em Paris. Ele acabou de lançar o primeiro perfume com sua assinatura: Acqua di Portokáli.

Eles estavam em um jardim no bairro de Belém. A jornalista resolveu perguntar sobre os aromas naquele jardim. Ao que ele respondeu:

Há aromas indefinidos, com notas muito verdes, não é? Se dermos aqui umas passadas vamos identificar mais alguns aromas. Basta começarmos a mexer na madeira, nos troncos e nas folhas e certamente será mais evidente. Se eu puder ser um bocadinho batoteiro, diria que existindo jacarandás há uma riqueza olfactiva espetacular, sobretudo em final de maio e início de junho, com as flores roxas a desabrochar e aquele aroma resinoso, muito intenso, muito denso.

O olfato foi dos sentidos humanos mais usados há uns milhares de anos, nomeadamente na pré-história, mas com a evolução da espécie deixamos de lhe dar importância. Hoje em dia o nariz é quase acessório. Andamos muito desatentos, mas tudo tem um cheiro. E tudo seria mais divertido se nos déssemos mais tempo para sentir esses pequenos detalhes.

É complicado falarmos dos sentidos e tentar colocar uma importância. Ninguém gostaria de se imaginar sem a visão, não é verdade? Talvez seja o que mais faz falta às pessoas atualmente. Mas perder a audição ou o paladar ou o olfato também piora muito a qualidade de vida de uma pessoa. O olfato já foi um sentido mais importante na história humana. Como Lourenço Lucena comentou, hoje não prestamos mais atenção aos aromas que passam por nós.

E não tem como não sentir os cheiros, bons ou ruins. Afinal, o olfato acompanha obrigatoriamente a respiração; e não vivemos sem respirar. O problema é que apenas prestamos atenção a um aroma se ele for extremamente agradável ou desagradável. Sentimos o cheiro de uma boa comida se estivermos com fome. Mas os pequenos aromas acabam passando despercebidos, como os cheiros das flores, das árvores, da brisa do mar; eles não nos emocionam mais. Entretanto, deveriam. Afinal, os cheiros estão intimamente ligados aos nossos sentimentos e às nossas lembranças. Podemos construir nossas vidas pelos aromas que nos remetem a determinadas memórias, em geral boas, envolvendo pessoas queridas ou fatos que nos marcaram. Muitas vezes, os perfumes cheiram a carinho.

E o que um perfumista faz é, com frequência, uma obra de arte. Ele tenta, usando toda sua habilidade, transformar um sentimento em um cheiro; recriar um aroma que encontrou na rua para guardar aquele momento e eternizá-lo. Somos capazes de descrever uma cena que vimos; mas como descrever um perfume que sentimos sem recorrer a comparações (cheirava a rosas)? E o perfumista busca fazer sua composição de tal forma a emocionar alguém ou várias pessoas, colocando toda sua arte e conhecimento em um pequeno frasco de cristal.

Uma das comparações que Lourenço Lucena faz nesta entrevista é absolutamente maravilhosa:

O perfume é como um livro, em que vão aparecendo as várias personagens. É uma história que se vai revelando.

Não é incrível? Da mesma forma em que um pintor coloca cores em uma tela em branco para criar algo ou que um escritor coloca personagens na história que ele quer narrar ou que um músico preenche as partituras com notas, o perfumista mistura ingredientes em uma alquimia que pretende eternizar um sentimento ou emoção.

 

Fonte: Público

Written by

Deixe uma resposta

Instagram
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #cesarecantú #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza