Now reading

O que nunca foi

O que nunca foi
O que nunca foi

Sinto saudades do que não foi.

Busco as palavras não ditas

As carícias prometidas

As ilusões perdidas

As promessas esquecidas.

Respiro o passado inexistente

Fico inebriada com os perfumes ausentes

Com os toques descrentes

Buscando um corpo que me pertenceu.

Choro pelas lembranças abandonadas

Pelos castelos desmoronados

Pela ausência absoluta

Pelo vazio infinito que me preencheu.

Procuro o sorriso em cada rosto

Em cada olhar tento preencher minha solidão

Afogar o esquecimento

Destruir meu isolamento

Encontrar o mesmo acolhimento

Como se fosse possível substituir

Forrar o buraco com outra existência

Enquanto a presença surge apenas nos sonhos

E permanece (eternamente) a saudade daquilo que nunca foi.

– Silvia Souza 

Written by

Instagram
  • #jamesbaldwin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #mikhailbakunin #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #JamesJoyce #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #gastonbachelard #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #victorhugo #citações #reflexõesdesilviasouza