28.08.2016
Lisboa, Portugal

Lisboa, Portugal

 

E hoje sou apenas um suicídio tardo,

Um desejo de dormir que ainda vive.

Fernando Pessoa

  E hoje sou apenas um suicídio tardo, Um desejo de dormir que ainda vive. Fernando Pessoa Relacionado


Comentários desativados em E hoje sou apenas um suicídio tardo

Nenhum comentário em “E hoje sou apenas um suicídio tardo”



%d blogueiros gostam disto:
DESIGN POR JESS