7.06.2016

Benefit

 

Meu filho mais velho tem 15 anos. Esse ano é o ano das festas… antigamente, eram festas de debutantes… hoje em dia, nem sei se essas festas de 15 anos têm um nome específico ou um significado especial.

A cada convite que ele recebe, eu agradeço por não ter filha. Os convites são mais suntuosos que a maioria dos convites de casamento que eu já recebi. E, se os convites são assim, as festas não são muito diferentes.

Acontecem sempre em Buffets elegantes, com inúmeros seguranças na porta. E o convite pede traje social completo; então, investimento em sapato social, camisa social, calça social, blaser, gravata. Ainda assim, é muito mais simples do que as moças, porque acho que ninguém vai notar se a camisa e a gravata foram as mesmas usadas na festa anterior.

Ele era bastante relutante a tudo isso. Na primeira festa à qual foi convidado, queria ir totalmente esporte. Consegui convencê-lo a ir um pouquinho arrumado. Quando ele viu como era, passou a querer investir na própria elegância. Também sempre foi resistente em usar perfumes. Atualmente, perfuma-se espontaneamente usando um perfume que ganhou do pai: Terre de Hermès, um dos melhores perfumes masculinos que conheço.

Mas, no meio dessa história, há um grande problema: o presente. Comecei perguntando para ele o que eu deveria comprar (na primeira festa). Como ele não soubesse, sugeri de irmos juntos escolher algo. Nenhum interesse.

Eu não tenho filhas e fui adolescente há 30 anos! Não sei o que se dá hoje em dia nessas festas extremamente elegantes. Apelei… Perguntei para minhas pacientes da mesma faixa etária quais seriam suas sugestões. Encontrei 2 tipos de respostas: charms da Pandora e maquiagem. E se a menina não tiver uma pulseira da Pandora, perguntei. A resposta: ela terá! Mesmo assim, achei que um estojo de maquiagem jovem e bonito faria presença (eu ADORO maquiagem).

Fui à Sephora e escolhi um estojo da Benefit que me pareceu agradar meninas adolescentes (será que estou tão por fora de tudo assim?).

Benefit 2

A cada festa, escolhia um desses estojos, com cores diferentes, finalidades diferentes, embora fossem todos muito bonitinhos e com aspecto bem jovem.

Eis que no sábado, antes de mais uma festa, meu filho demonstrou preocupação se as meninas conversavam entre elas e falassem que ele estava dando o mesmo presente. Ele nem mesmo demonstrou interesse em VER os presentes antes de dá-los!!! Puxa, fiquei meio chateada! Tenho o trabalho de sair, escolher, comprar e ainda escuto críticas.

Será que minhas escolhas estão sendo tão ruins? Eu absolutamente não sei!

Até agora ele estava gostando, porque todas as meninas vieram agradecê-lo pelo presente e se mostraram muito satisfeitas.

Como sempre, com esse meu lado extremamente sensível, eu chorei, falei que me esforçava para fazer o melhor… então ele deveria me falar o que queria que eu comprasse… ou escolhesse… E seguem as chantagens de mãe, que são as coisas mais insuportáveis do mundo!

Como é difícil a construção desse relacionamento com os filhos. Como todos os relacionamentos, não é algo fixo e imutável. Transforma-se todos os dias. E temos que manter o diálogo e tolerar as descompensações uns dos outros.

(P.S.: Se houver alguma menina mais jovem que leia o que eu escrevo e tiver algum sugestão de presente, agradeço! ;))

 

– Sílvia Souza

 

Sonnenblume_02_KMJ

 

 

  Meu filho mais velho tem 15 anos. Esse ano é o ano das festas… antigamente, eram festas de debutantes… hoje em dia, nem sei se essas festas de 15 anos têm um nome específico ou um significado especial. A cada convite que ele recebe, eu agradeço por não ter filha. Os convites são mais […]


  • Faço notar que há uma diferença surpreendente a este respeito entre os dois lados do oceano. Embora possa ser que a sociedade mudou muito e eu não me ouviu. A adolescência é um período difícil para toda a família, felizmente passa rápido. Sorte, paciência e bom humor são os meus desejos para você. Um abraço.

    • Carlos, acho que eu consigo manter minha paciência e bom humor. É engraçado como ainda me lembro da minha adolescência com muita clareza e acho divertido vivenciar esse momento com meus filhos agora.
      Mas essas festas de 15 anos têm me deixado impressionada…
      Um grande abraço!

  • Darlene Regina

    Nossa! Tenho 29 anos, mas acredito que você está acertando no presente sim, afinal, maquiagem é algo de uso frequente entre adolescentes. Outro presente que meninas adoram ganhar é perfume, porém dar perfumes de presente é mais complicado, uma vez que é algo pessoal e às vezes não agrada, por exemplo, ano retrasado ganhei de aniversário um vidro de perfume Opium, da Yves Saint Laurent, é um ótimo perfume porém muito forte e eu não consegui utiliza-lo mais do que duas ou três vezes (e em todas tive uma dor de cabeça fortíssima).

    Abraços!

    • Então, Darlene, também acho difícil dar perfume… Achei que a maquiagem fosse mais fácil…
      Vou fazer tentativas de incrementar mais os presentes… Vamos ver se meu filho fica mais feliz…
      Beijo grande!

  • claudio kambami

    Meninas nessa idade devem mesmo gostar de maquiagem pois é o que vejo aqui nos blogs delas, então acho que acertou e se por um motivo alguma delas não tenha gostado, fazer o que… nem sempre podemos acertar tudo ou o desejo secreto de alguém. Fale a ele para não se ligar muito nisso. Ao grosso modo dizem que cavalo dado não se olha os dentes e eu digo presente é presente, vale a intenção. 😉


%d blogueiros gostam disto:
DESIGN POR JESS