26.05.2016
Castelo de Montemor-o-Novo, Portugal

Castelo de Montemor-o-Novo, Portugal

 

Não digas nada!
nem mesmo a verdade
Há tanta suavidade em nada se dizer
E tudo se entender-
Tudo metade
De sentir e de ver…
Não digas nada
Deixa esquecer

Fernando Pessoa

  Não digas nada! nem mesmo a verdade Há tanta suavidade em nada se dizer E tudo se entender- Tudo metade De sentir e de ver… Não digas nada Deixa esquecer Fernando Pessoa Relacionado


  • Beatriz Aguiar

    Fernando tão Pessoa!
    Saudade de passar por aqui e ser agraciada com um poema escolhido por ti.
    Ilumina sempre meus dias!

    Um beijo grande, minha querida.
    Espero que esteja tudo ótimo por esses lados.

    • Olá, Bia!
      Obrigada por passar por aqui!
      Fico muito feliz!
      Está tudo bem, sim… Só muitas atribulações…
      Um beijo grande, com carinho!


%d blogueiros gostam disto:
DESIGN POR JESS