9.03.2016

janelas 01

 

Sei que nunca prostituirei com luxúria ou vício o talento que possa ter. Sei que nunca defenderei coisas falsas. Mas serão bons e puros os atos da minha vida – os atos privados, próximos de mim? O que reserva o futuro – o futuro de que ‘perda’, de que ‘ganho’ sou ‘eu’?

Fernando Pessoa

  Sei que nunca prostituirei com luxúria ou vício o talento que possa ter. Sei que nunca defenderei coisas falsas. Mas serão bons e puros os atos da minha vida – os atos privados, próximos de mim? O que reserva o futuro – o futuro de que ‘perda’, de que ‘ganho’ sou ‘eu’? Fernando Pessoa […]


  • desta vez nao temos um poema mas sim uma bela frase 🙂

    • Gosto muito da produção em prosa de Fernando Pessoa também.
      Sofia, daqui a alguns dias, haverá publicações com fotografias de Bragança.
      Espero que goste.
      Beijo!


%d blogueiros gostam disto:
DESIGN POR JESS