Now reading

14 Mulheres Famosas e seus Perfumes Preferidos

14 Mulheres Famosas e seus Perfumes Preferidos
14 Mulheres Famosas e seus Perfumes Preferidos

A escolha do perfume revela muito da personalidade da pessoa. Existem pessoas que usam o mesmo perfume a vida toda. Eu gostaria de ser tão fiel assim. Gosto de experimentar novas marcas, novos lançamentos e conhecer mais e mais sobre o universo dos aromas. Mas confesso que tenho os meus preferidos, perfumes excepcionais que costumo usar em momentos muito especiais.

Li este artigo publicado no site Town&Country escrito por Nadine Jolie Courtney e traduzi algumas das informações.

 

1. Marilyn Monroe: Rose Geranium de Floris

Como milhares de outras mulheres, Marilyn Monroe era fã do Chanel No 5. Entretanto, em 2002, foi revelado que ela tinha uma preferência secreta pelo perfume Rose Geranium da marca inglesa Floris. Com notas de rosas, gerânio, citronela e sândalo, seu perfume Eau de Toilette foi descontinuado e seu aroma está disponível apenas como essência de banho.

 

2. Jackie Kennedy: Joy de Jean Patou

Jackie usou vários perfumes durante sua vida, incluindo o Krigler Lovely Patchouli 55, um amadeirado com toques de especiarias, patchouli, bergamota e couro. Mas seu favorito foi Joy de Jean Patou, que ficou conhecido por muitos anos como o perfume mais caro do mundo. Ele foi criado em 1929, bem no início da grande depressão americana. Mesmo assim, ele foi um enorme sucesso e se tornou a Fragrância do Século XX, de acordo com o prêmio FiFi Awards da Fragrance Foundation.

 

3. Grace Kelly: Fleurissimo de Creed

Quando Grace Kelly se tornou a Princesa Grace de Mônaco em 1956, ela caminhou no corredor da Catedral de Saint Nicholas, na frente de convidados que incluíam Cary Grant e Ava Gardner, usando o perfume Fleurissimo de Creed. A fragrância foi criada especialmente para ela, a pedido do Príncipe Rainier, para complementar seu buquê de casamento e contém notas de bergamota, tuberosa, íris e rosa da Bulgária.

 

4. Elizabeth Taylor: Bal à Versailles de Jean Desprez

Atualmente, cada pessoa que começa a fazer fama lança sua fragrância; mas Elizabeth Taylor foi a pioneira quando lançou sua linha de perfumes, com sucessos como White Diamonds, Forever e Passion. Até hoje, White Diamonds continua sendo o mais vendido entre fragrâncias lançadas por celebridades. Antes disso, Elizabeth Taylor costumava usar Bal à Versailles de Jean Desprez, um perfume oriental com notas de alecrim, flor de laranjeira, sândalo e baunilha, criado em 1962.

 

5. Natalie Wood: Jungle Gardenia

Natalie Wood sempre foi apaixonada pela gardênia; ela costumava usar o perfume Jungle Gardenia, que ganhou pela primeira vez em 1946 da atriz Barbara Stanwyck. O perfume era conhecido como “a fragrância mais exótica do mundo” e continha notas de laranja amarga, tuberosa e heliotrópio.

 

6. Princesa Diana: Quelques Fleurs

A Princesa Diana casou-se na Catedral Saint Paul usando o perfume Quelques Fleurs, um aroma floral com notas de tuberosa, rosa e jasmim. Mais velha, ela se tornou uma apreciadora do perfume 24 Faubourg de Hermès, criado em 1995 pelo perfumista Maurice Roucel; esta fragrância contém notas de flor de laranjeira, pêssego, gardênia e âmbar.

 

7. Dorothy Dandridge: Tabu de Dana

A primeira mulher negra a ser indicada a um Oscar de Melhor Atriz, Dorothy Dandridge, usava Tabu de Dana, uma fragrância sexy criada pelo perfumista Jean Carles; seu slogan dizia: “Tabu – a fragrância proibida”. Suas notas incluem bergamota, trevo, rosa oriental, âmbar, musgo, almíscar, patchouli, sândalo e vetiver.

 

8. Ava Gardner: Fleurs de The Rose Bulgare de Creed

Este era um dos perfumes que a atriz gostava de usar. É um perfume à base de rosas, com notas de bergamota e chá verde. Outros de sua preferência eram Mitsouko de Guerlain e Fracas de Robert Piguet. Conta-se que, enquanto era casada com Frank Sinatra, uma forma que ela usava para colocar fim às brigas era perfumar a escada, como uma forma de convite.

 

9. Audrey Hepburn: L’Interdit de Givenchy

O perfume L’Interdit foi criado especialmente para Audrey Hepburn por Hubert de Givenchy em 1957. Ela não queria que a fragrância fosse comercializada, mas acabou sendo a partir de 1960. É um floral aldeído, com notas de bergamota, rosa, jasmim, íris, violeta, narciso e sândalo. Nos últimos anos, Audrey passou a usar Spring Flower de Creed, outro perfume criado especialmente para ela.

 

10. Katherine Hepburn: Vol de Nuit de Guerlain

Uma entusiasta da aviação, Katherine Hepburn era fã do perfume Vol de Nuit criado por Jacques Guerlain em 1933 em homenagem ao livro de mesmo nome (Vol de Nuit) de Antoine de Saint-Exupéry. É um amadeirado picante, com notas de bergamota, jasmim e baunilha, cuja embalagem mostra uma hélice de avião em movimento.

 

11. Rita Hayworth: Shalimar de Guerlain

Uma fragrância floral oriental criada em 1925 por Jacques Guerlain. Comenta-se que ela surgiu quando o perfumista resolveu jogar vanilina em um frasco de Jicky (outro perfume da maison) como uma experiência.

 

12. Josephine Baker: Sous Le Vent de Guerlain

Uma americana famosa em Paris, conhecida pelo que ela vestia (uma saia feita de bananas) ou pelo que não vestia (roupas), Josephine Baker gostava do perfume Sous Le Vent de Guerlain, que foi criado especialmente para ela por Jacques Guerlain em 1934. A fragrância se encaixa à tendência chypre da época, e inclui notas de musgo de carvalho, folhas de tabaco secas, manjericão, estragão e resina de gálbano.

 

13. Lauren Bacall: L’Ombre Dans L’Eau de Diptyque

Lauren Bacall era da maison francesa de perfumes de luxo Diptyque Paris, e se dividia entre duas de suas fragrâncias: L’Ombre Dans L’Eau e Ôponé.

 

14. Vivien Leigh: Joy de Jean Patou

Como muitas estrelas da época, a atriz de “E o vento levou…” era devotada ao perfume Joy de Jean Patou.

 

Fonte: Town&Country

 

Written by

Instagram
  • #miguelestevescardoso #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #cesarecantú #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #thubtenchodron #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #albertcamus #citações #reflexõesdesilviasouza
  • #lamatseringeverest #citações #budismo #reflexõesdesilviasouza